quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Banho de Balde

Oi mamães 

Você sabia que até os seis meses do seu filho, você pode substituir a banheira por um banho de balde? Pois eu tenho recebido muitas mensagens de mães perguntando sobre a técnica, e querendo saber minha opinião pessoal sobre o assunto.

Os primeiros banhos naquele ser tão pequenino é assustador. Confesso que dei banho no Matias desce que voltamos da maternidade para casa e até hoje essa é minha função rsrsrs que faço com muito amor.

Sobre o banho de balde. Matias teve um pouco de cólica e então me falaram que o banho no balde iria ajudar.
Pois bem comprei o balde e fiz a experiencia , confesso que com medo na primeira vez mas depois foi ótimo ele adorouuuuu e super ajudou nas cólicas e com o sono também.

Lembrando que o balde não pode ser um balde comum e muito menos usado para outras coisas,deve ser um balde arredondado e apenas para esse uso.

Ai você me pergunta : Nossa mas isso vai ser caro né? Eu te digo comprei para o Matias um balde de ofurô em um supermercado na seção infantil por R$ 40,00. 
Então pesquisem que vocês acham :) 

Dicas do Banho de Balde

Escolha um ambiente tranquilo e coloque uma música suave.
Coloque ¼ de água no balde. Essa medida é indicada porque quando o bebê senta, a água sobe e é preciso ficar atento para que o líquido não ultrapasse a altura do peito para não existir riscos de afogamento.
A água deve estar numa temperatura entre 36˚ e 37˚ C.
Coloque o bebê sentado com os bracinhos e perninhas encolhidas e dobradas (posição fetal) e encaixe-o com cuidado até o fundo do balde.
NUNCA deixe o bebê sozinho no balde porque ele pode se levantar e cair ou adormecer e se afogar.
O banho dever levar entre 10 ou 15 minutos.
Converse muito com seu bebê e curta o momento, sem pressa.
Vale muito a pena , principalmente em bebês com cólica e com problemas com sono.
Beijos Fran Cerezer 
Siga-nos no instagram @mamae_tatuadasc.




sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Plano de Parto!

Oiii queridas futuras mamães
  
Você sabe o que e plano de parto? Para que ele serve? E porque e bom você ter o seu? Não então senta aqui que vamos conversar sobre esse assunto. 

O que é 

O plano de parto é uma lista de itens relacionados ao parto, sobre os quais você pensou e refletiu. Isto inclui escolher onde você quer ter seu bebê, quem vai estar presente, quais são os procedimentos médicos que você aceita e quais você prefere evitar. 

Porque fazer 

Detalhes podem fazer uma grande diferença para o seu parto, tornando-o uma experiência mais intensa e enriquecedora para toda a família. 

Nos últimos quarenta anos muitos procedimentos artificiais foram introduzidos, de modo a tirar do nascimento sua naturalidade.  Muitas intervenções não têm respaldo científico para uso rotineiro e são adotadas simplesmente por serem parte de uma tradição médico-hospitalar. Você tem o direito de participar das decisões que envolvem seu bem estar e o do seu bebê, conhecendo os benefícios e prejuízos de cada procedimento realizado na assistência ao seu parto.

A gestante/parturiente tem o direito de participar das decisões que envolvem seu bem estar e o do bebê que ela está gestando, a menos que haja uma inequívoca emergência médica que impeça sua participação consciente. Ela tem o direito de saber exatamente os benefícios e prejuízos que cada procedimento, exame ou manobra médica pode provocar a ela e/ou ao seu bebê. 

Junto com o profissional técnico que a acompanha no pré natal, discuta as possíveis intervenções com base nas evidências científicas.  Análise com cuidado as opções, juntamente com seu parceiro e explique ao profissional o quanto elas são importantes para você(s). 

Então vem a pergunta que sempre me fazem , vou ter meu bebe no sistema público de saúde posso ter plano de parto?
  
R: Sim você pode de deve ter . Assim como tem direito a um acompanhante no momento. Não aceite menos que isso saiba dos seus direitos e exija eles , assim evitamos muito a violência obstétrica e os partos traumáticos . 

Modelo de plano de Parto
  
“Estamos cientes de que o parto pode tomar diferentes rumos. Abaixo listamos nossas preferências em relação ao nascimento de nosso bebê, caso tudo transcorra tranquilamente. Sempre que os planos não puderem serem seguidos, desejamos, previamente, sermos comunicados e consultados a respeito das alternativas. 

TRABALHO DE PARTO 
Presença de um acompanhante de minha livre escolha e doula. Sem perfusão contínua de soro. Liberdade para beber água e sucos enquanto seja tolerado. Liberdade para caminhar e mudar de posição. Liberdade para o uso ilimitado da banheira e/ou chuveiro. Monitoramento fetal: apenas se for essencial, e não contínuo. Analgesia: peço que não seja oferecido anestésicos ou analgésicos. Eu pedirei quando achar necessário. 

PARTO (HORA DO NASCIMENTO) 
Prefiro cócoras ou cócoras sustentada, ou ainda, escolher na hora o que meu corpo desejar. Aceito outras sugestões caso as posições acima não funcionem. Prefiro fazer força quando me der vontade, em vez de ser guiada por alguém. Desejo um ambiente especialmente calmo nessa hora. Episiotomia: prefiro não ter, quero que o períneo seja aparado na fase da expulsão, além da aplicação de compressas quentes e massagem com óleo fornecido, de preferência vegetal. Desejo ter o bebê imediatamente colocado em meu colo e se houver necessidade de succionar as vias respiratórias, prefiro que seja feito enquanto ele está comigo. O pai cortará o cordão umbilical, depois que esse parar de pulsar. 

APÓS O PARTO 
Aguardar expulsão espontânea da placenta com auxílio da amamentação. O bebê deve ficar comigo o tempo todo, mesmo para avaliação e exames. Liberação para o apartamento o quanto antes. Alta o quanto antes. 

CUIDADOS COM O BEBÊ 
Amamentação sob livre demanda, não oferecer água glicosada ou bicos. Alojamento conjunto o tempo todo. Pediatra faz avaliação no nosso quarto. 

CASO A CESÁREA SEJA NECESSÁRIA  
Desejo a presença de um acompanhante de minha livre escolha e a doula. Anestesia: peridural, sem sedação. Desejo ver a hora do nascimento, com o rebaixamento do protetor ou por um espelho. Após o nascimento, o bebê e eu estando bem, desejo que o coloquem sobre meu peito e que minhas mãos estejam livres para segurá-lo. Amamentação o quanto antes. 
Agradeço a compreensão da equipe envolvida e por participarem desse momento tão importante para a nossa família” . 

Fran Cerezer 
Instagram: @mamae_tatuadasc
Forma 




domingo, 29 de janeiro de 2017

Glossário da gravidez: palavras que farão parte da sua vida!

Oi futuras mamães e papais ( sim pois eles vão estar presente na hora)

Vocês sabem o que significam muitas palavras que o médico vai usar no dia do nascimento do bebê? Não? 
Então chega aqui que vou "clarear as ideias " rsrsrs

Analgesia regional
Anestesia dada na coluna vertebral, que afeta apenas parte do corpo.

Analgesia
Qualquer recurso medicamentoso que serve para diminuir a dor

Anestesia peridural
Tipo de anestesia onde o médico introduz uma cânula na coluna vertebral e injeta uma solução anestésica de tempos em tempos, ou mesmo continuamente

Anestesia raquidiana ou raqui
Anestesia aplicada dentro da coluna vertebral, mais especificamente no espaço raquidiano.

Bolsa rota
Quando a bolsa das águas onde fica o bebê, dentro do útero, se rompeu.

Colostro
Primeira secreção que sai do seio materno, antes da descida do leite. É rica em proteínas, imunoglobulinas, entre outros componentes muito importantes para a saúde do bebê.

Contrações uterinas
Contrações dos músculos do útero que fazem o bebê nascer.

Coroar, coroamento
Quando o bebê está quase nascendo e sua cabeça aparece na entrada da vagina

Dilatação
Processo e abertura gradual do colo do útero para o nascimento do bebê.

Eclâmpsia, pré-eclâmpsia
Conjunto de alterações da pressão sanguínea e de outros parâmetros fisiológicos da mãe, que podem ocorrer na gravidez ou no parto, tornando-o mais propenso a riscos para mãe e bebê

Episiotomia
Corte feito na entrada da vagina para facilitar ou acelerar a saída do bebê durante o parto. Seu uso de rotina está desaconselhado

Expulsão
Nascimento do bebê.

Fórceps
Par de colheres metálicas utilizadas por obstetras para retirar um bebê de dentro da mãe, através da tração da cabeça

Manobra de Kristeller
Manobra obstétrica obsoleta, através da qual o bebê é empurrado para fora da mãe por uma pressão aplicada sobre o fundo uterino

Mecônio
Primeiro conteúdo do intestino do bebê, mas que ainda não são fezes, de aspecto verde escuro e denso.

Ocitocina
Hormônio produzido pelo corpo humano e que provoca contrações uterinas. Existe também a versão sintética utilizada para induzir ou acelerar um parto

Plano de parto
Lista de escolhas que a mulher ou o casal faz a respeito do parto e nascimento de seu bebê.

Tricotomia
Raspagem dos pêlos pubianos, que antigamente era feita rotineiramente, pois se acreditava que era mais "higiênico"

Vérnix: material branco gorduroso que envolve o bebê dentro do útero e ao nascer, protegendo a pele e impedindo que ela fique muito úmida e enrugada.

Aqui são apenas algumas palavras "termos" usados portanto ,leia se informe e saiba as leis e seus direitos


beijos Fran Cerezer 

Acompanhe nosso dia a dia no instagram @mamae_tatuadasc

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Dieta Detox ! Vamos lá cuidar do corpo!

Mais Saudável e Magra com Dieta Detox em 2017

Fazer a dieta detox agora no inicio do ano é a coisa mais inteligente para quem quer ter mais saúde e ter o controle do seu peso, é o que explica a especialista em emagrecimento saudável e criadora do Plano Detox Rosi Feliciano. Além de mais saúde a dieta desintoxicante traz finalmente a possibilidade de destravar o emagrecimento empacado.
Nosso corpo acumula continuamente toxinas e nada melhor para se livrar delas do que uma dieta de desintoxicação. Purificar o corpo é crucial, porque as toxinas que afetam o corpo podem enfraquecê-lo, levando à exaustão e várias doenças como a obesidade. Estes são alguns dos sinais que o nosso corpo não pode libertar-se de toxinas e terá a sua ajuda.
Mas antes de lançar-nos de corpo e alma em dietas de desintoxicação é melhor saber o básico. A Rosi Feliciano vai nos ajudar a compreender o que são as dinâmicas que ajudam a purificar o nosso corpo e aqueles que ajudam a acumulação de toxinas.

Muitas pessoas não sabem mais fazer uma desintoxicação através da alimentação é uma das melhores formas de manter o organismo mais resistente e saudável, uma ótima opção é o suco detox
Ideal fazer 6 refeições por dia e se você não pode ter um alimento natural da dieta detox disponível outra ótima opção é o suplemento natural plano detox remedio

Vamos começar com as 4 bases de desintoxicação por Rosi Feliciano:

1. A comida e a maneira de comer

Necessário eliminar alimentos gordurosos, alimentos ricos em aditivos alimentares, açúcares refinados e conservantes. Mesmo a carne é um desses alimentos, e esta deve ser reduzida, é necessário comer no máximo uma vez ou duas vezes por semana.
O nosso problema é que comemos muito e, muitas vezes, não estamos realmente com fome, mas, por vezes, estamos com tédio ou nervosismo.
Você deve aprender a comer regularmente em horários fixos, possivelmente com as mesmas porções (em seguida, pesando a comida) e não comer após o jantar.
Devemos comer especialmente fibras: feijão, couve-flor, batata, grão de bico, feijão, lentilhas, aveia, farelo, espinafre, brócolis, algas, repolho, nabo, beterraba e maçãs.

2. Beba agua
Beber muita água é muito importante para livrar o corpo de toxinas. Aviso: Não beber líquidos em geral, mas para integrar água com chás de ervas e sucos, não vinho, cerveja, bebidas alcoólicas e refrigerantes, estes devem ser proibidos. Deve-se beber pelo menos 2 litros de água por dia.
Ok, é inconveniente transportar uma garrafa de 2 litros, então adote a garrafa de meio litro, sempre á carregue com você, e sempre lembre que você tem que preenchê-la 4 vezes ao dia para se certificar que você irá beber a quantidade certa. Se não for possível beber tanta agua, tente integrar frutas e legumes ricos em água (melancia, melão, maçãs, pepinos e alface, por exemplo).
A água é importante para ajudar os rins no seu papel de órgãos purificadores, expelindo toxinas na urina, mas também é importante para a pele e para hidratação.

3. Exercício

Suar não é uma coisa ruim, não é uma coisa ruim para ser evitada, é bom. É o sistema de controle de temperatura do nosso corpo e é também um método eficaz para eliminar toxinas. Em seguida, a atividade física é importante para ajudar o nosso corpo para purificar.
Pode ser alongamento, ou um passeio de uma hora ou meia hora a pé, o importante é que pelo menos 3 vezes por semana seja praticado algum movimento. Não seria tão ruim, de vez em quando, relaxar na sauna, que é uma ótima maneira de desintoxicar o corpo.

4. Estilo de Vida Saudável

Evite ficar de jejum por um longo tempo e dietas radicais. Não tome drogas, não fume e limite os medicamentos. Comer alimentos orgânicos, tanto quanto possível, ficar o mais tempo possível em contato com a natureza.
Tente viver sem stress e com um bom ritmo (horas regulares, especialmente para o sono). Escolha um vestido com tecidos naturais e escolhas detergentes naturais e sabonetes que respeitam o corpo e o ambiente.

Quando é bom fazer uma dieta de desintoxicação?

O melhor mês para fazer a dieta detox é janeiro limpa o corpo depois de muitas festas de finais de ano e você pode iniciar o ano mais magrinha e saudável com a promessa de manter pra sempre! Ok!
Quando você está tentando perder peso, para ajudar o corpo á restaurar o equilíbrio e, claro, depois de festas e excessos.

Aqui está um exemplo de dieta de desintoxicação de 4 dias:
O primeiro dia ele vai consumir apenas frutas, cozidos ou crus, para limpar o cólon;
O segundo dia vai assumir frutas apenas misturadas e produtos hortícolas (maçãs centrifugadas na parte da manhã, tomate no almoço, cenoura e alface no período da tarde ou à noite, por exemplo) e chás, também é bom chá verde.
No terceiro dia apenas vegetais, cozidos ou crus.
O quarto dia de frutas e legumes com sopas e ensopados (não massas, batatas, sal e cereais).
Irá tentar beber pelo menos 2 litros de água por dia e fazer uma hora de meditação e uma hora de esportes, de acordo com as possibilidades do nosso corpo. Após o quarto dia gradualmente comece a reintegração de grãos integrais, ovos, peixes pequenos e pouca carne.

Se estes quatro dias se purificando parecerem demasiadamente drástico, aqui está uma dieta de desintoxicação mais suave:

Inicio do dia: frutas com iogurte e cereais integrais (aveia), um copo de leite de soja;
Meio da manhã: uma fruta ou suco da fruta.
Almoço: sopa sem massas e batata ou sopa de legumes, uma fatia de pão de trigo integral e legumes crus.
No meio da tarde: frutos secos sem sal ou uma fruta centrifugada, ou não.
Jantar: tomate cereja, aspargos no vapor ou legumes refogados preparados sem gordura.
Antes de ir dormir: chá de ervas.
Cada dia, quando você acordar você vai beber com o estômago vazio, um copo de água quente e o suco de um limão.
Sempre dois litros de água por dia. Também esta dieta de desintoxicação, você pode seguir durante quatro dias, em seguida, restaurando um pouco de cada vez outros alimentos.

O que são os alimentos de limpeza (desintoxicação)

Em geral, quais são os alimentos de desintoxicação? Conhecê-los é importante para integrá-los na nossa dieta.
Temos: brócolis, couve, repolho, feijão verde, alcachofras, aspargos, salsa, uva, maçãs, limões, o alho, pimenta, erva-doce, aipo, abacaxi, cebola, iogurte, pepino, melancia, bagas, ameixas, azeite, chá verde, salada de milho, agrião, rúcula, milho, rabanetes, cenouras, vinagre e brotos de feijão.

Estes alimentos, cozido no vapor, combinados com cereais integrais (um na porção de almoço) e frutas secas como um lanche, chá e sucos, tanto água, e especialmente água quente e limão na parte da manhã, são uma ótima maneira de mudar a nossa dieta pouco saudável, ajudam o corpo e, finalmente a se sentir melhor.
Não é necessário começar imediatamente com quatro dias de desintoxicação, mas você pode começar com um dia por semana.


Acompanhe nosso dia a dia no instagram : @mamae_tatuadasc